Zumbido no Ouvido ao Deitar – Saiba Tudo Aqui

Zumbido no Ouvido ao Deitar

Certamente são várias as pessoas que sofrem com zumbido no ouvido ao deitar, de acordo com um estudo transversal que foi realizado através de entrevistas efetivadas em São Paulo no ano de 2015, em torno de 22% da população paulistana sofre com este problema.

O fato é que apesar disso, tanto as redes públicas e privadas de saúde não possuem dados relevantes mesmo sobre o assunto. Se você é uma das pessoas que possuem dúvidas sobre o assunto fique por aqui e entenda tudo que pode ocasioná-lo!

 

O que é o zumbido no ouvido ao deitar?

Na verdade, o zumbido no ouvido ao deitar é que você ouve um som, no entanto, não há estímulo externo algum para isso. Sendo que à noite, com o silêncio este ruído acaba ficando ainda mais evidente.

O estudo mencionado anteriormente acabou mostrando que entre os que são acometidos por zumbido, a maior parte são mulheres, que com o avançar da própria idade, acabam com este problema ainda pior.

Na verdade, conforme o estudo acima, a grande maioria das pessoas acaba se sentindo incomodada em torno de 64%, sendo que isso ocorre especialmente nas mulheres com uma porcentagem de 73%.

Saiba que nem sempre este zumbido é constante, sendo que dentre os próprios entrevistados 68% deles afirmaram que este som é intermitente, ou seja, acaba aparecendo e fica por um tempo depois some.

As pessoas acabam procurando tratamento justamente porque esse é um problema que afeta sua vida, ademais, entre os mesmos participantes desta pesquisa em torno de 90% alegaram algo incômodo moderado a severo.

E destes 20% afirmaram que o zumbido de fato interfere em suas atividades cotidianas, neste caso várias pessoas estão efetivamente lidando com este mal.

 

Quais são as causas do zumbido no ouvido ao deitar?

Para que você entenda as principais causas do zumbido no ouvido ao deitar, saiba que é importante que entenda que nem todos eles se originam no mesmo lugar.

No caso mais comum, na verdade, em aproximadamente 75% dos casos, há como causa uma atividade muito incomum da área do cérebro que acaba processando então o som e os especialistas estão tentando entender como isso acontece.

Mesmo assim, saiba que as causas mais frequentes do problema são as seguintes:

  • Doença de Menière;
  • Devido ao envelhecimento;
  • Por causa de traumas acústicos, quando a pessoa acaba sendo exposta completamente a sons totalmente elevados, assim como os de uma explosão;
  • Medicamentos que podem causar lesões nos ouvidos;
  • Devido a infecções no ouvido, tal como a otite média aguda;
  • Doenças que acabam bloqueando o canal auditivo, assim como a otite externa;
  • Excesso de cera;
  • Devido a corpos estranhos inseridos no ouvido, entre outros;

Certamente o tipo menos comum acaba envolvendo casos em que o zumbido acaba sendo criado pelas próprias estruturas próximas ao ouvido, sendo que nesses casos, se a pessoa chegar muito perto de você poderá ouvir os mesmos sons pois eles são produzidos pelo ouvido.

Lembre-se que geralmente isso acaba ocorrendo porque esse zumbido envolve ruídos que de fato são feitos pelos vasos sanguíneos, esses que ficam perto do ouvido. Saiba que as causas principais disso são as seguintes:

  • Problemas relacionado ao fluxo do sangue das jugulares ou carótidas;
  • Tumores dentro do ouvido médio que possuem diversos vasos sanguíneos;
  • Vasos sanguíneos da membrana que acaba recobrindo o cérebro deformado;

Em certos casos, para descobrir mesmo porque ocorre o zumbido no ouvido ao deitar, saiba que é preciso buscar atendimento médico com um especialista no assunto.

 

Tem cirurgia para zumbido no ouvido?

Zumbido no Ouvido ao Deitar

Até tem, no entanto, tudo dependerá muito da causa do zumbido, como bom exemplo, uma perfuração timpânica pode acabar ocasionando o zumbido, e claramente há uma cirurgia para fechar essa perfuração, melhorando assim o zumbido.

Porém, se você não possui nenhuma doença como perfuração timpânica, colesteatoma, otosclerose, otite crônica, claramente não existe uma cirurgia nesse caso.

Claro que o mais importante é investigar a causa do zumbido tudo para finalmente definir o tratamento em questão.

Certamente o zumbido possui tratamento, e na maioria dos casos não há necessidade de envolver cirurgias.

 

Dicas para dormir bem com um zumbido no ouvido

Veja bem, quanto maior for sua atividade durante o dia, mais fácil será dormir durante a noite.

Sendo assim, procure evitar chá preto, refeições pesadas ou até mesmo café durante a noite. Bebidas alcoólicas ou até mesmo remédios para dormir acabam não garantindo uma boa noite de sono, lembre-se que um banho quente antes de deitar é a melhor opção!

Sabidamente praticar esportes pode ajudar o bastante, isso porque eles são mais saudáveis e isso se aplica completamente aos que sofrem com zumbido.

Lembrando que tudo que é prazeroso e acaba desenvolvendo habilidade física é bom para você. Entenda que mesmo se o seu zumbido parecer mais alto quanto praticar atividades físicas, então não precisará se preocupar.

Procure fazer algumas pausas durante o dia, no entanto, evite o silêncio total, justamente porque isto é um convite para que o incômodo em seu ouvido apareça.

A ideia é sempre optar por estímulos sonoros prazerosos, tais como algumas músicas relaxantes e audiobooks.

 

Conheça o programa de Restauração Auditiva

Em relação ao Programa de Restauração auditiva, ele está sendo uma das melhores oportunidades que as pessoas estão tendo em sua vida, isso porque tem conseguido ajudar homens e mulheres que sofrem com zumbido no ouvido ao deitar.

Claramente este programa é capaz de ajudar as pessoas e ainda possui uma garantia bem específica de 30 dias, permitindo que se você não ver os resultados poderá solicitar a devolução dos valores investidos.

Este programa é capaz de amenizar ou eliminar o zumbido em seus ouvidos de forma completamente segura, não há efeitos colaterais de drogas farmacêuticas.

Ademais, será possível ainda eliminar sintomas adicionais relacionados ao zumbido, entre eles: dor no ouvido, tontura, dor de cabeça, entre outros.